Player Bota Fm

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Morre bebê de grávida baleada na cabeça em Tapejara

Faleceu por volta das 2h desta quinta-feira (14), na Maternidade Regional, a filha da esteticista Thaysa Vilas Boas, 22, que levou um tiro na cabeça na segunda-feira, em Tapejara. O pai, Renato Kiara, 23, que chegou a ser suspeito do crime, não conheceu a filha, que nasceu prematura, aos 7 meses.
De acordo com o representante de Kiara, o advogado Luiz Carlos Martinez, o cliente tem uma relação difícil com o pai e o irmão de Thaysa, e já teria sido ameaçado de morte por eles.
"Ele quis ir (ao hospital), mas o desaconselhei", explicou Martinez, temendo a reação de familiares de Thaysa.
Thaysa, que está em coma, respira por ajuda de aparelhos, no hospital Norospar. Ela estava grávida de sete meses e, por isso, sua filha nasceu de um parto de emergência.
Caso é investigado
De acordo com informações da Polícia Civil, Thaysa foi baleada em casa, no bairro São Vicente. Renato Kiara foi preso logo após chegar ao local, vindo do trabalho. Ele foi liberado horas depois por falta de provas.
Thaysa morava com irmão. Foi o rapaz que encontrou a irmã baleada. Ele chamou o pai e só depois da chegada dele a polícia e o serviço de emergência foram acionados para socorrer a jovem.
O caso segue sendo investigado.

Fonte: O bemdito

Nenhum comentário:

Postar um comentário