terça-feira, 14 de março de 2017

Cianortense é assassinada com requintes de crueldade em Iporã

mulher-morreO que era para ser um fim de semana feliz, acabou se tornando uma tragédia para Gisele Aparecida Soares, 31 anos, moradora de Cianorte, que foi assassinada com requintes de crueldade na cidade de Iporã. O principal suspeito é seu ex-convivente.
Segundo informações de familiares, no último sábado (11), o ex- de Gisele, teria vindo a Cianorte, buscar a mulher para passar o fim de semana com ele em um sítio em Iporã, onde o suposto assassino morava atualmente.
Ela levou junto, suas duas filhas pequenas de 5 e 7 anos, que não era filhas dele, mas não retornou para Cianorte.
A mulher foi encontrada morta na manhã desta segunda feira (13), na casa do homem, na zona rural de Iporã. Seu corpo apresentava sinais de ter sido agredida a pauladas até a morte. O homem está foragido e não foi encontrado pela polícia que realizou a perícia no local.
As duas meninas, filha de Gisele, foram localizadas na casa dos pais do suposto agressor na cidade de Nova Olímpia, onde segundo informou o pai, seu filho teria passado por lá e deixado as crianças e fugiu sem deixar pistas.
O corpo de Gisele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Umuarama (IML), e posteriormente liberado para a família.
(Informações e fotos: Noti-cia)


Nenhum comentário:

Postar um comentário